Estou aprendendo a gostar de mim do jeito que sou, com todas as minhas imperfeições, as minhas ausências, os meus espaços e poços escuros de onde brotam flores perfumadas. Estou aprendendo a gostar de mim mesmo com a cabeça cheia de vento, mesmo preferindo ver o lado bom quando todos vêem a realidade dura e crua, mesmo cheia desejos e sonhos. Estou aprendendo a gostar de mim mesmo quando tenho muitas ideias, ideias demais, quando estou hora triste hora alegre e saltitante, com todas as falhas que todo ser humano tem, com minhas fragilidades e força de vontade, com minha garra e com minhas pétalas.

Estou aprendendo a gostar de mim sem nenhum mas ou porém, sem me preocupar com o que os outros pensam. Estou aprendendo a gostar de mim conforme o tempo passa e o corpo muda, conforme a vida segue e os olhos brilham, conforme os dias se somam e o pensamento vira estrelas e luas e sóis. Estou aprendendo a gostar do que tem dentro de mim mais do que o que tem fora lá fora. Estou aprendendo a sorrir para a vida e a agradecer todos os dias por acordar de novo, por respirar outra vez, por abrir as janelas e deixar o céu preencher a alma. Estou aprendendo a ser grata por tudo o que vi, vivi e virei e por todo o amor que a vida está me ensinando a ter por mim mesma.

Tina Zani

♥♥♥

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s