Foto de Mauricio Zani
Foto de Mauricio Zani

 

Às vezes nos pegamos tão atolados em compromissos, responsabilidades, horários e coisas para fazer que acabamos deixando de lado aquilo que realmente nos importa.

Alguns gostam de praticar esportes, outros de cozinhar, outros ainda de ler. Há os que preferem dançar, pintar ou representar e por aí afora. Eu gosto de escrever.

Mesmo que eu usasse todas as palavras mais bonitas e significativas do mundo, acho que ainda não conseguiria descrever com fidelidade como me sinto quando escrevo. Escrever me deixa feliz como nada mais nesse mundo. Quando consigo combinar algumas palavras para formar ideias e transcrever meus sentimentos, me entendo melhor, me conheço mais profundamente e me realizo como pessoa. Poder compartilhar com mais alguém o que existe dentro de mim é a mágica mais especial que desfruto quando escrevo e isso me dá uma sensação única de paz, alegria e missão.

Todo mundo tem na vida algo que lhe dá essa sensação.

Normalmente chamamos essas atividades tão especiais de hobbies e tendemos a não dar valor a elas, ainda que nos deixem em estado de êxtase.

Os hobbies são aquela classe de atividades às quais nos dedicamos em nosso tempo livre, quando não temos mais nada de importante para fazer. E, como achamos que nossos compromissos e afazeres são mais importantes do que tudo nesse mundo, acabamos diariamente adiando até o infinito esses deleites, que deveriam ter um status de sagrados em nossas vidas.

Não gosto da palavra hobby para designar o meu amor pela escrita. A partir de hoje, vou chama-lo de compromisso sagrado, porque tem o poder de me alimentar, de me proporcionar a força, a disposição, a vitalidade e a alegria que me movem e me mantêm em atividade, dando conta, feliz e satisfeita, de toda a minha agenda lotada.

Essas práticas tão maravilhosas que muitas vezes valorizamos tão pouco e tratamos como meros passatempos, deveriam, na verdade, ter a condição suprema de invioláveis. Nada em nosso dia-a-dia deveria adiá-las ou cancelá-las, pela magnitude do estado de graça que nos proporcionam.

Repare em si mesmo enquanto se dedica ao seu próprio passatempo favorito, seja ele qual for. Observe os sentimentos nobres e apaixonados que ele desperta. Perceba o brilho encantador dos seus olhos, o calor morno e aconchegante do seu corpo, as batidas alegres do seu coração, a descontração invadindo seus músculos e nervos, o sorriso mais belo e sincero brotando em seu rosto. Essas atividades, que tão erroneamente classificamos como hobbies, deveriam ser as mais respeitadas e veneradas, pelo maravilhoso poder que exercem sobre a chama da vida.

Lá, bem no topo da nossa rotina, primeira coisa do dia, intocáveis, deveriam estar esses nossos apaixonados interesses. Eles são nossa colherada diária de felicidade e, consequentemente, a garantia de qualidade de todo o resto que está por vir nas próximas horas. Inclusive, e principalmente, nossos relacionamentos afetivos.

Tratá-los como meros passatempos para combater o stress e ocupar nosso escasso tempo livre é o mesmo que deixar a torneira aberta e observar a água ir-se pelo ralo.

Nossos interesses devem ser protegidos com a paixão que merecem e que nos inspiram. Quando assim for, todo o resto em nossa vida será influenciado positivamente.

Desde o começo do ano, tenho me dedicado ao desafio de fazer das coisas que amo e me dão prazer minhas maiores prioridades. Diariamente.

Convido você a me acompanhar nessa empreitada.

Experimente hoje.

Não importa o quão ocupado você esteja, dedique alguns minutos que sejam a algo que lhe deixe tão feliz e satisfeito quanto eu fico quando escrevo. E observe-se. Observe todo o resto.

Eu garanto que você vai ficar extasiado com os efeitos e o alcance de se apropriar da sua paixão. Deixe-se ficar seduzido por ela… E, depois, venha aqui me contar como foi.

 

*Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho. – Mahatma Gandhi

 

 

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s