cabe°em°mim°

Um bilhetinho teu me avisando que saiu cabe em mim.

Um sinal de que você pensou em algo além da tua própria existência também cabe em mim.

Tomar a iniciativa e se interessar pelo paradeiro das crianças, cabe em mim, mesmo que seja apenas para me informar das ações que eu mesma terei de assumir e executar, mas não simplesmente se esquecer do fio da meada e ir resolver tua vida, deixando tudo para eu pensar quando chegar.

Uma fala atenciosa cabe em mim, assim como um elogio ao prato especial que preparei para você cabe perfeitamente em mim. Um beijinho cuidadoso e menos rápido cabe em mim também.

Cabe muita coisa em mim. Lembrar que eu existo e que, como você, tenho meus próprios compromissos e preocupações pessoais, por exemplo, cabe bem em mim. Também cabem a tua alegria, a tua delicadeza, o teu sorriso, o teu cuidado.

Cabe em mim o teu cansaço, quando é manso. O teu descontentamento, quando é respeitoso. O teu dia todo atribulado, quando tem consideração. As tuas responsabilidades, quando tem um olhar em torno. As tuas preocupações pessoais, quando tem empatia. Os teus interesses, quando tem convivência. O teu estresse, quando tem atenção. A tua bagunça, quando tem colaboração. O teu tempo todo ocupado, quando tem interesse pelo meu tempo todo tomado. A tua cabeça cheia de coisas, quando você olha e me enxerga. O teu celular que não para de fazer fiu-fiu, quando você me ouve. O teu silêncio, quando você aceita a minha presença. As tuas certezas, quando há troca. A tua ausência, quando você se faz presente.

Cabem em mim, sim, o teu carinho respeitoso, os teus sentimentos inexplicáveis, as tuas lágrimas engolidas escondidas, as tuas dúvidas, os teus fracassos, as tuas inseguranças, as tuas dificuldades, a tua fragilidade, as tuas tristezas, a tua vontade de jogar tudo para o alto e desaparecer por aí, os teus sonhos reprimidos.

Cabe em mim o teu grande amor às vezes não demonstrado, aí dentro, apertado, querendo se expandir e aparecer, precisando crescer para todos os lados, por todos os espaços livres e ocupados, para dentro, para fora, para mim e para tantas outras gentes.

Cabe em mim aquela carta doce que você me enviou. Também cabem a nossa história juntos, os momentos bons e não tão bons, as lembranças, os dias que virão e tudo o que já esquecemos.

Cabe em mim te conversar, te contar, te cantar, te sorrir, te dar beijos, te ouvir, te escrever bilhetes, te ajudar com a lista de supermercado, te ler as mensagens que me envia, te arrepiar, te participar, te fazer poesia, te desenhar, te enxergar, te acompanhar, te levar junto comigo, te respeitar, te dar minha atenção e o meu carinho, te saber existir, te amar. Cabe em mim te pensar, te sentir meus sentimentos inexplicáveis, te saber minhas lágrimas engolidas, te conhecer minha fragilidade, minhas dúvidas, minhas tristezas, minhas inseguranças, meus sonhos escancarados, minha vontade de jogar tudo para o alto e fugir com você.

Para bom entendedor, nenhuma palavra já basta.

 

Tina Zani

♥♥♥

Anúncios