Pronta Pra Voar

Foto de Tina Zani
Foto de Tina Zani

 

Ontem, uma amiga me apresentou a Marcia de Moraes e, sem saber, me entregou o céu para voar.

A Marcia de Moraes é uma artista contemporânea que trabalha com lápis de cor e grafite sobre papel.

Faz uns 3 anos que eu estou tentando entender e me expressar na aquarela, um meio que me encanta, mas que não me entende.

Desde adolescente, o que sempre me seduziu foi o lápis sobre papel. Havia noites em que não dormia pra ficar desenhando. Era como se uma força infinita me impulsionasse e eu tinha que desenhar.

Ontem senti isso outra vez.

Senti minhas asas quebradas se prepararem para voar de novo.

Senti um calor redondo subindo pela espinha.

Senti que o céu é meu. Todinho.

Obrigada, amiga.

Anúncios

Dentro do Coração

Foto de Tina Zani
Foto de Tina Zani

 

Adoro reencontrar amigos.

Esse fim de semana que passou fui a um casamento em BH, de um amigo querido que vejo muito pouco.

A noiva estava linda, a festa foi super divertida, o noivo estava emocionado, mas o melhor de tudo foram os reencontros que aconteceram.

Gente que mora aqui, na mesma cidade que eu, e que fui rever em Minas Gerais.

Amigos com quem ri, chorei, viajei, compartilhei e convivi de perto, anos a fio no passado, e que o tempo e a vida levaram para outros caminhos.

Pessoas que guardo no peito, junto com todas as lembranças boas.

Mas nem o tempo, nem a distância, são suficientes pra apagar os laços que criamos e, uma vez reunidos, a intensidade dos sentimentos e a sintonia da amizade brilha de novo nos olhos, nos lábios e nos poros.

O coração fica contente e a vontade é de que o tempo pare.

Coisa de Mulher

Foto Tina Zani
Foto Tina Zani

 

Com a idade que tenho, todo ano passo pelo meu cardiologista.

Dessa vez ele resolveu me pedir um exame de esteira e, quando o resultado ficou pronto, escutei escapar de sua boca: ‘humm, já foi melhor…’

Entendi o recado e resolvi não deixar a peteca cair. Entrei numa academia.

E ganhei de presente a avaliação física.

Hoje fui lá pra ser avaliada. Por um homem.

 

Me pegou despreparada…

Começou fazendo perguntas de anamnese e depois me levou pra balança pra me pesar – ai, meu Deus, tem certeza que a balança tá aferida? 3 kg a mais?! – e medir – péra, olha direito aí, nem um centímetro a mais?

Depois, voltando pra salinha, foi medir dobra cutânea – ah, não, por que não coloquei aquele top lindo que disfarça muito melhor a minha idade?

Foi apertando todas as minhas gordurinhas com um beliscador e anotando uns números no computador – incrível, ele achou todas, até as que eu mais escondi… ahhhhh, se eu tivesse tomado mais chá verde…

E, então, resolveu medir meu corpo inteiro. Inclusive minhas panturrilhas! – sabia que eu devia ter depilado as pernas antes de ir… 

Me levou pra esteira e me mandou correr. Corri tão empertigada que nem senti aquela dor no joelho que me acompanhou nos últimos dias, nem o tênis desamarrado, nem a chave do armário que saiu voando enquanto eu corria.

Por fim, o diagnóstico: ombro esquerdo levemente mais alto que o direito, um pouquinho de hiperlordose e 2% de gordura corporal acima do ideal.

Só. O resto está uma maravilha.

Até que, apesar de tudo, não me saí tão mal assim.

Mas é melhor passar pelo menos um perfuminho da próxima vez, hahahaha.

 

 

 

Esperar Não É Saber

Foto de Tina Zani
Foto de Tina Zani

 

Acabei de aceitar um desafio. Agora é a hora.

Comprometo-me a desenhar durante 10 a 15 minutos por dia em cada um dos 30 dias do mes de junho e, ao final do mes, reportar como foi minha experiência.

O desafio é uma proposta de um blog que sigo. Eu poderia escolher qualquer coisa… Escrever, aprender uma outra língua, um esporte ou um jogo.

Escolhi desenhar. Há tempos que tenho como projeto me dedicar mais à arte, especialmente ao desenho e à aquarela. Mas é um projeto que fica perdido e enroscado em um novelo de coisas outras que faço e nunca sai efetivamente da minha cabeça para o papel.

Hoje, 1 de junho de 2015, 22h56, farei meu primeiro desenho do desafio.

Comprometo-me, também, a escrever, durante esses 30 dias, um pequeno diário de como estou me saindo.

Começando já.

Estou empolgada!!!