cansei de remar

estou cansada. estou muito, muito cansada confusa com raiva e triste. profundamente sentida e cansada. profundamente cansada. muito cansada. totalmente, extremamente, infelizmente cansada. cansada mesmo. cansada ao extremo. cansada. cansada cansada. estou cansada. muito cansada. muito muito cansada. imensamente, dolorosamente cansada demais. ah como estou cansada. estou mole e sem forças. estou tão cansada. tenho ânsia de cansaço. meu estômago está enjoado, minhas mãos tremem, meus olhos não vêem. eu estou cansada. muito muito muito cansada. cansada do fundo do coração. cansada de corpo inteiro. meus ombros, meu pescoço, doem de tanto cansaço. respiro fundo de cansaço. suspiro de cansaço. perdi o sono de tanto cansaço. cansei. estou muito cansada. não consigo enxergar direito de tanto cansaço. minha mão direita quase não segura a caneta de cansaço. cansada. estou mesmo muito muito muito muitíssimo cansada. quando suspiro sai junto um soluço de cansaço. que cansaço. que cansada. que canseira. estou, meu deus, estou mesmo, minha deusa, estou inteira, de corpo e alma, muito cansada. sozinha e cansada. completamente cansada. preciso descansar, estou muito cansada. algo tem que mudar. não adianta descansar pra depois continuar. estou cansada de viver cansada. estou cansada de descansar pra continuar a cansar. quero me libertar do que me cansa. preciso me libertar. estou em pânico, estou exausta. vou deixar a água correr. cansei de remar. quero parar. vou deixar o rio me levar. não quero mais continuar. preciso muito descansar. estou cansada. preciso muito descansar.

 

Tina Zani

vermelho-uva

sou vermelha. testa bochecha queixo a cara inteira, sou vermelha. vermelho-rosa, vermelho queimado, vermelho-vinho. minha blusa é vermelha — vermelho-maravilha; minha saia tem vermelho — vermelho-rosa; a almofada em que apoio meu caderno é vermelha — vermelho-uva; meu calor é vermelho — vermelho quente; meu sangue é vermelho — vermelho vivo; meu amor é vermelho — vermelho-veludo.

sou vermelha e fico ainda mais vermelha quando bebo — vermelho livre.

 

Tina Zani

rosa verde amarelo-dourado. põe os óculos tira os óculos coça o cabelo. solta o cabelo prende de novo. aperta os olhos – verdes – com os dedos. camisa verde olho verde da cor da camisa. mãos longas pelos dourados pele rosa-branca nariz comprido. tira os óculos põe os óculos move as mãos. olha por cima dos óculos coça o nariz. unhas dedos cabelos voz rosto. meio na sombra meio na luz. tira os óculos põe na mesa coça a testa segura o cabelo. camisa da cor dos olhos da cor da lousa. pega os óculos solta os óculos pega os óculos coça o nariz toca a bochecha. põe os óculos olha por cima dos óculos tosse. entrelaça os dedos arruma os óculos arruma de novo. tira os óculos põe na mesa arruma o cabelo coça a sobrancelha. coça a testa o lábio a cabeça toca o nariz. coça o cantinho do olho direito. coça a cabeça com a mão esquerda coça com as duas mãos. põe os óculos coça a orelha acaricia o cabelo coça a orelha outra vez. toca o peito com as pontas dos dedos. arruma o cabelo com a mão direita. coça a cabeça com a mão esquerda. balança os pés. mexe nos cabelos toca o nariz olha por cima dos óculos segura o queixo. arruma os óculos com as duas mãos. tira os óculos põe na mesa. bebe água da garrafa. põe os óculos tira. põe os óculos com as duas mãos. mexe nos cabelos com a mão esquerda toca o pescoço e a nuca. põe os óculos toca o cabelo com a mão direita olha por cima dos óculos. toca os botões da camisa verde. aperta o nariz. põe o cabelo para trás da orelha toca a nuca arruma os óculos. tira os óculos passa as mãos nos olhos coça o nariz põe as mãos na nuca – as duas mãos – levanta os cotovelos. segura os cabelos coça o lábio superior segura o queixo toca o peito. solta o cabelo.

solta o cabelo.

solta o cabelo.

não prende o cabelo.

puxa o cabelo para frente por cima do ombro esquerdo.

não prende o cabelo.

não prende!

toca os cílios.

não prende o cabelo!

prende o cabelo de novo.

que pena.