Todo Dia Nasce Novo Em Cada Amanhecer

Foto de Tina Zani
Foto de Tina Zani

 

Sou uma grande fã das resoluções de ano novo. Adoro pegar papel e caneta e divagar, imaginando a vida maravilhosa que farei acontecer com minhas novas atitudes. Escrevo tudo em forma de lista, desde o tamanho de cabelo que vou ter até os sonhos que vou realizar. É o momento gostoso de me deixar fluir de dentro para fora, sem barreiras nem censura, sem me preocupar com mais nada. É a própria liberdade em forma de escrita mágica.

E depois, no final do ano, é ainda mais gostoso olhar para o que planejei e ver o quanto consegui conquistar.

Este ano arrumei um caderno especial para isso, o meu Caderno de Planos. Ele é lindo. E já consigo vê-lo, daqui a alguns anos, recheado de minhas melhores intenções. Ahhhh…

Até pouco tempo atrás, era só isso mesmo o que eu fazia. Uma lista com maravilhosas intenções para o ano seguinte, que ficava guardada durante 365 dias para mostrar as caras de novo só em 31/12 e ticar minhas realizações. E, por incrível que pareça, mesmo assim algumas delas realmente aconteciam. As maiores e mais importantes, no entanto, acabavam ficando pela metade ou totalmente esquecidas.

Aprendi com os anos que sonhos, ideias e planos, para virarem realizações de sucesso, precisam vir acompanhados de atitudes. E, embora esse devaneio de escrever minhas cores me fascine e alimente, gosto muito mais de vê-las pintando meu dia-a-dia do que simplesmente mantê-las anotadas num lindo caderno só para conferi-las depois.

Por isso, quando outro dia me deparei com o post da Mandi no LifeYourWay, percebi que o que quero para mim neste ano de 2015 é que me sinta iniciando um novo ano a cada amanhecer. Que esse entusiasmo de poder mudar o que não está bom, de criar atitudes, adquirir novos hábitos, me reinventar, reviva em mim a cada novo dia e não a cada novo ano. Não preciso esperar o ano todo para olhar para trás e só então mudar. Posso fazer isso todas as manhãs. A cada semana. No final de cada mês. E, finalmente, chegarei ao final do ano com a certeza de que olhei para minha vida e para as minhas escolhas todos os dias; que escolhi de verdade os meus caminhos.

E, embora eu continue fazendo minha lista de metas e sonhos em um caderno lindo, meu maior objetivo para esse ano é reservar um momento todas as noites e olhar para o dia que se acaba. Abrir o Caderno de Planos e ver o quanto do que fiz nas últimas 24h colaborou para que eu pinte minha vida com as cores que escolhi e planejar o dia seguinte com carinho, modificando a paleta quando necessário.

Tenho certeza que assim, um dia de cada vez, vou criar a vida que eu quero viver.

O que você acha disso? Quero ouvir suas dicas e experiências a respeito das resoluções de ano novo, de fazer sonhos virarem realidade, de como e com que frequencia se autoavaliar. Compartilhe comigo os seus pensamentos.

 

Anúncios